sábado, outubro 15, 2005

continuando a poupar água

A chuva já cá está (como diz um amigo meu, "obrigado aos índios") mas um plano de poupança de água continua a ser necessário. Por isso, o Ecoclube de Mindelo organiza uma palestra através da qual pretende sensibilizar para este sério problema. É hoje, pelas 14h30, na Associação Cultural e Desportiva de Mindelo.
Via João (Bioterra), chega-nos a notícia de um sistema de rega automático que aplica a água nas culturas no momento e quantidade ideias. O sistema é regulado por sensores que "interpretam" as solicitações hídricas das plantas durante a fotossíntese.
E uma vez que se adivinha uma longa espera até à aplicação de equipamentos similares a este nos nossos espaços verdes, esperemos pelo menos que casos destes não voltem a acontecer.

5 comentários:

Joao Soares disse...

Obrigada Susana
E continuamos a não poupar água...
Isto tem que paraR!!poupem água!!!

Publicado em: 11-10-2005 08:47
Fonte: Diário de Notícias

O consumo de electricidade aumentou 4,1 por cento em Setembro, apesar das cada vez maiores necessidades de poupança.

A Rede Eléctrica Nacional revelou que foram consumidos 3769 gigawatts por hora, num cenário nacional de quebra da produção hídrica de electricidade devido à seca. Com 65 por cento a menos da energia produzida através da água, o saldo importador, em Setembro, aumentou 54 por cento: as importações subiram 26 por cento a par da descida em 88 por cento das exportações.

Elvira disse...

Durante todo o ano, com ou sem seca, devemos poupar água.

Solariso disse...

Portugal tem realmente crescido, mas apenas no consumo. Parece que este povo se esqueceu de como se vive com pouco. Faz-me por vezes lembrar a sede materialista daqueles que nunca tiveram nada. Mas talvez seja apenas um caso de estupidez.

A água deve ser poupada em toda a época, assim com a electricidade.
Temos que reduzir, a tão actual falada pegada ecológica...

Apoio por isso incodicionalmente a V/ palestra e desejo que corra pelo melhor.

Solariso disse...

Pois...

Não tinha reparado que a palestra era dia 15, ou seja já se foi...

Vateira disse...

O mérito das crises é abanar as consciências.
E se esta seca fez muito mal às nossas reservas hídricas, fez muito bem ao chamar para as primeiras páginas dos jornais a necessidade imperiosa de se poupar água e de ver cada gota como se fosse a última.
Devíamos agradecer todos os dias o facto de termos água a correr nas torneiras!