sábado, janeiro 07, 2006

pronta para sachar



Enxada binadora - ferramenta usada à superfície do solo para cortar ervas daninhas, cobrir as hortícolas com terra e abrir valas para sementeiras pouco profundas.
Na hora de escolher, preferir:
- um cabo agradável ao toque, macio e de comprimento confortável (usado sem grande prejuízo para as costas)
- um resistente encaixe da enxada no cabo
- uma cabeça da enxada em aço inoxidável (não enferruja, dura mais e é fácil de limpar)

(na foto, enxada binadora Bellota)

27 comentários:

Anónimo disse...

Espero por outra fotografia da enxada já com ar de quem andou a trabalhar.Por enquanto até brilha.
urtiga

jardineira disse...

a pobrezinha entrou só hoje ao serviço e já a querem fotografar em "performance"! *: )))

Anónimo disse...

Olá. Gosto de ler o seu blog de vez em quando e como tenho um problema no meu sitio pensei se saberia alguma solução para o dito. Tenho imensas osgas, bom algumas, e detesto matá-las, então pensei se haveria algum repelente para as mesmas. Sabe de alguma coisa.
Obrigada desde já.
Ana C.

jardineira disse...

Nunca me deparei com esse problema.Cá pelo jardim é mais lesmas!! *: ) As osgas, pelo que sei, são bem menos prejudiciais. Por isso, a sua decisão de não as matar é bastante acertada. As osgas, tarentola mauritanica, prestam serviços úteis no jardim, dado que se alimentam de mosquitos, formigas, aranhas e outros insectos.
Estive a fazer uma pequena pesquisa sobre a forma de "erradicar" as osgas, e encontrei uma sugestão num fórum que me parece uma possível solução para o problema: arranjar um gato. Se, entretanto, descobrir outras "receitas", coloco um post sobre o assunto. Até breve, Ana C.

Anónimo disse...

Obrigada pela sugestão. O facto é de que o sitio não é uma zona onde estou a viver, mas onde vou de vez em quando e por isso arranjar um gato era estar a condená-lo. Alías já coloquei lá um, tive montes de cuidado e no dia em que decidi colocá-lo na rua para a experiência ele desapareceu completamente. Tb tenho o problema do telhado ser só telha, o que permite que elas entrem. Mas pronto parece-me que vou ter de aprender a conviver com osgas e a não lhes ligar. Só sei que se deve ter cuidado com elas porque são venenosas.
Boas Jardinagens.
A.C.

Anónimo disse...

Olá, fico muito contente de encontrar outras pessoas, que vivem com os mesmos vizinhos que eu!! - OSGAS
Gostei bastante da vossa sugestão, mas tenho um "pequeno" problema, tenho 3 cães...logo um Gato daria uma confusão só! Gostaria, mesmo de ter uma maneira de fazer as queridas osgas , a se afastarem das minha janelas, varandas, sotão, e jardim !! Eu tenho imenso pavor só de olhar para elas, já me habituei um pouco, mas o medo mantem-se.Vou ficando assim atenta às vossas sugestões.Inté Marta

Anónimo disse...

osgas... também eu tenho osgas no jardim e sao horriveis asquerozas.ouço falar que sao venenosas, mas será que é verdade? gostava de saber?
é verdade que comem insectos mas há outras formas de afastar os mesmos como por exemplo:ramos de folhas de eucalipto espalhados no jardim. obrigado gostei de ler os vossos comentarios e espero que as osgas no minimo mudem de aspecto.

Sara Barros disse...

a minha fobia sao osgas.. sem duvida..! neste preciso momento acabei d ver uma osga gorda e nojenta na parte da frente da minha casa.. fexei muito rapido tds as janelas da minha csa.. msm cm 37 graus.. mas o meu medo é tanto k n tive opçao! ao peskisar na net pa ver se arranjava soluçao de as fzr desaparecer da minha vida de maneira eficaz, encontrei-vos.. alguem me pode ajudar a afasta-las?? cda vez a minha fobia fica maior..! obrigada

Anónimo disse...

Eu consegui afastá-las com o uso de uma mangueira de água, expulsando-as com um jacto forte nos seus locais de pernoita. Desapareceram.

M.Suse disse...

Olá a todos, eu também sofro com o medo de Osgas. Antigamente morava numa vivenda entretanto começaram a aparecer muitas Osgas e algumas delas mesmo dentro de casa e a partir dai a acho que a minha fobia começou a aumentar, com isso decidi que ia alterar de casa e assim foi, mudei-me para um andar mas o que acontece agora é que para chegar até casa tenho que atravessar uns bons metros debaixo de um pátio onde existem umas lampadas e elas decidem pernoitar por ali, e eu entro em pânico só de pensar que para entrar na minha própria casa tenho que atravessar aquilo tudo.
E se não basta-se a minha fobia dá-me para começar aos gritos, e entro em pânico, sem saber o que fazer, e neste momento até ja tenho medo de sair de casa...
O que me aconselham??
Como posso afastá-las??
pitucha_prt@hotmail

SUSE disse...

Olá a todos, eu também sofro com o medo de Osgas. Antigamente morava numa vivenda entretanto começaram a aparecer muitas Osgas e algumas delas mesmo dentro de casa e a partir dai acho que a minha fobia começou a aumentar, com isso decidi que ia alterar de casa e assim foi, mudei-me para um andar mas o que acontece agora é que para chegar até casa tenho que atravessar uns bons metros debaixo de um pátio onde existem umas lampadas e elas decidem pernoitar por ali, e eu entro em pânico só de pensar que para entrar na minha própria casa tenho que atravessar aquilo tudo.
E se não basta-se a minha fobia dá-me para começar aos gritos, e entro em pânico, sem saber o que fazer, e neste momento até ja tenho medo de sair de casa...
O que me aconselham??
Como posso afastá-las??
pitucha_prt@hotmail

pescadorDigital disse...

Não pretendo aqui armar-me em defensor das osgas, mas posso garantir que não existe nem uma única espécie de osga neste planeta que seja venenosa. O medo das osgas que sentem é resultado de um instinto natural generalizado que assume a forma de medo de toda e qualquer espécie de répteis que nem todos os seres humanos desenvolvem (eu, por exemplo, não). A este medo dá-se o nome de herpetofobia e tem origem genética. Este receio deve ser a reminiscência do tempo dos nossos antepassados macacos, quando se cruzavam todos os dias nas savanas africanas com cobras venenosas. Já não vivemos com cobras dessas por todo o lado, mas esse gene que é suposto proteger-nos afastando-nos dessas cobras ainda mantém o seu efeito. Mas o seu resultado prático irá acabar por ser matar seres inocentes que só fazem bem.

duarte disse...

também as quero afugentar. Tenho muita repulsa por esses animais. Também sei que não são venenosas e que são inofensivas, mas isso não me faz gostar de ter aquele animal horrível a olhar para mim colado à parede. Parece que ninguém conhece uma solução. Quanto a mim vou seguir o conselho da rega, se bem que não faço idéia onde é que ela pernoita. Uma outra solução de que a minha avó fala é fazer uma osga falsa bem grande, em cartolina ou material aborrachado (tipo câmara de ar por exemplo ou musgummy) e colar na parede. Pelos vistos as tipas são territoriais e ao verem esta amigona raspam-se. nãos ei se resulta, mas também vou tentar.
Vou seguindo o forum, adorava que encontrassemos uma solução...

Anónimo disse...

Bem...mas será que ninguém conhece um modo ou produto para afuguentar as ósgas? Eu tenho pavor só de olhar! E parece que as atraio. Tenho agora uma na varanda e já a conheço desde o ano passado, mas como não consigo matá-las, de vez em quando volta com o tempo mais quente. Entretanto vou tentar o método das ósgas falsas e gordas. Socorro!:(

Anónimo disse...

Osgas... nem de longe.. quanto mais ao perto

Sim.. podem ser úteis para matar insectos, mas são feias e despertam as mais horripilantes sensações dentro de mim.
Nojo, sobretudo, nojo... Não é medo ... é quaquer coisa de inexplicável.
Sim... pertencem ao reino animal e, como tal, devem ser respeitadas, mas porque razaõ é que insistem em infiltrar-se dentro das habitações?
Não me faz confusão que fiquem à porta de casa, nas janelas, nas paredes, nos candeeiros... mas dentro dentro de casa? PF...NÃO..

Tenho vários relatos de encontros imediatos com esta espécie que na região sul do país mais se assemelha a uma praga babilónica, (para já... só não chovem)
A última foi algo de irritante... passo a descrever.. tentava eu abrir a janela do quarto para tentar amenizar o calor acumulado dentro de casa (poderia ter deixado a janela aberta... mas para não entrarem deixo tudo fechado) quando de repente vejo a silhueta rastejante do ilustre animal nesta crónica destacado.

As palavras que gritei automaticamente, como se de alguma forma o efeto resultasse no seu desaparecimento, atropelaram-se no seguinte discurso:

Fodx... outra vez não... puta que... sorte do cara.. só a mim (ainda bem que encontrei este blog para encontrar um pouco de conforto no relato dos encontros de outras pessoas)

Pensamentos seguinte:

Vassoura (objecto prático pela distância que permite criar entre a criatura e ser humano)

Abrir janela... tentar mostrar saída...

Resultado prático não alcançado.. Osga ruma a outro destino... e esconde-se por debaixo de uma tela.

Afastar tela... luta desmedida entre ser de 10cm e Humano de vassoura..
Resultado fuga de osga para armário... paradeiro... até hoje desconhecido.

Observações finais
Tenho encontrado na web algumas coisas acertadas sobre elas, mas outras tantas não... sobretudo no que respeita a afastá-las...
Escusam de tentar o método “amedrontar”... pois com elas não vai pegar (habituam-se e voltam ainda mais vezes)
objectos parecidos com elas mas maiores... tb não... pela observação que lhes tenho vindo a dar, percebi que vivem numa espécie de comunidade "colante".
Solução final... trocar de casa...
destino: 15º andar de prédio citadino..

EP

Anónimo disse...

O que me parece é uma cambada de ignorantes, já pensaram em técnicas para matar gatos ou cães? ou matar pombos e pardais? são todos animais as osgas não têm a "peçonha" como se diz... não fazem mal não mordem e mesmo se morderem (há uma especie mas em Madagascar) não vos fará mal nenhum... comem insectos que vos podem passar doenças, comem aranhas que vos podem morder e causar desconforto, comem baratas evitando uma infestação... não têm o melhor aspecto do mundo???? Para não apreciadores aceito, eu próprio tinha fobia a osgas mas pesquisei, comecei por brincar com geckos e agora adoro admirar os padroes e a vida das nossas tão uteis osgas

Anónimo disse...

Vocês têm algum tipo de inteligência ou a cabeça só serve para ter cabelo? Matar osgas? Não!! As osgas não são venenosas, não saltam para a cara das pessoas e não têm peçonha (o que quer que isso seja!) é tudo mentira e ignorância das pessoas! As osgas podem ter um aspecto agressivo mas são 100% dóceis, fofas ao tacto, inofensivas e ainda nos fazem um grande favor que é comer a mosquitada e as melgas que tanto nos chateiam nas noites de verão!! Por isso antes de matar uma osga pensem bem no crime que estão a cometer!!!

zuck disse...

Eu tenho um problema mas nao é com osgas mas sim com umas lagartichas parecidas ás osgas que se chaman Perenquenes mas paresce que tambem sao inofensivas e tb comen moscas e tudo parecid.

vou a provar o metodo do lagarto de borraxa colocado na parede e tb com folhas de eucalipto......a ver se as afasto.

Anónimo disse...

Olá a todos os k pensam como eu!!!! OSGAS ao longe!!!! Vivo numa vivenda e morro de medo das osgas k me aparecem no quintal, ainda há pouco tive de dar um banho a uma....ate me arrepio só de pensar.... Pode não fazer mal a ninguem mas não consigo conviver com elas. Entao vou experimentar um aparelho que se liga á corrente e que atraves de ultra sons afugenta inumeros animaizinhos indesejados...envio-vos aqui o site para verificarem....eu ja encomendei e espero k resulte, vou dando noticias:)....http://www.gigashopping.tv/produto.asp?pf_id=2050

Anónimo disse...

E o aparelho funciona contra as osgas?

Anónimo disse...

comprei uma casa á pouco tempo,já usada,e é rarissimo abrir uma janela,pois as nossas amigas osgas,estão por todas as paredes de casa,pois tenho mta vegetação á volta...tenho mt medo e repulsa delas principalmente qd o meu filho nasceu,tornei-me "medricas"..ouvi dizer k elas colam á pele e temos k por um ferro kente para as conseguir tirar,não é verdade pois não?tambem ouvi dizer ,contam os mais antigos,k para afuguentá-las po-mos enxofre a arder...o xeiro é mau,mas resulta...
Tambem ouvi dizer pelos antigos k antigamente nas casa mais antigas,havia poucos insectos pk as osgas os comiam...

Não kero k me levem a mal as pessoas k tentam proteger estes animais,para mim é o bicho k mais me marca negativamente pk invade o meu espaço,e não me sinto confortavel tendo um filho pekenino,kero dizer k mesmo picada das melgas,ver moscas,prefiro do k ter osgas a matar esses bichos por mim...aliás elas podem comer esses insectos,mas para mim não me fazem diferença pk eles continuam a aparecer,portanto prefiro não conviver com elas,osgas...

Para terminar,só kero dizer k as osgas fazem-me lembrar algumas coisas indesejadas,podem até ser uteis,mas não fazem falta..

organeiro disse...

Bom dia
mas hoje de manha fui surpreendido por uma "amiguinha osga" na persiana de um 3º. andar, como fazer para as afastar?? ninguem ajuda

Anónimo disse...

tarentola mauritanica, que nojo ! repugnância total!
Em relação aquele(a) sujeito que apareceu por aqui a chamar de diminuídos mentais todos nós, os que odiamos Osgas e nem sabemos porquê embora seja facto epidérmico.
Ó Sr.(a) inteligência! Então, mas sabe ou não sabe como afastar ou mesmo matar as osgas?? Não sabe não é! Então esteja caladinho porque caso não tenha captado, esta conversa tem esse objectivo. Sr.(a) TóTó.

Anónimo disse...

Vim aqui parar por uma pesquisa a osgas, e meus amig@s estou fartíssimo de rir com boa peça conjunta que vocês escreveram. Foram osgas nos armários (esta pode ser verdade porque aquela cena da luta com a osga que foi parar ao armário, também me sucedeu a mim) Foi a senhora que quer ir para o 15º andar, achando que se calhar as osgas vêm do rés do cão, não sabendo que é mesmo nos telhados que elas vivem, e é por cima que elas começam as suas divagações nocturnas. Foi a senhora que já tem três cães e já não pode ter o gato caçador por causa da confusão. Etc. Etc.
Pois é, parece que não há hipótese, a natureza pode mais do que nós. Eu também tenho aqui os meus problemas mas já me estou a convencer que são elas as vencedoras. Entretanto vou tomando algumas precauções. Por exemplo: mantenho os vasos das plantas nos parapeitos no terraço, afastados da parede para não fazerem ali cói, evito deixar ficar a luz de fora ligada para não chamar borboletas e mosquitos e logo osgas, que isto aqui não é asilo. Depois evito janelas abertas sem vigilância e limpo os parapeitos e as persianas com Ajax Expel que tem um cheiro repelente para bicharada rastejante (e nunca abro o estore afoito porque volta e meia cai de lá uma em cima do parapeito). Enfim, algumas descem do 7º andar para o passeio em queda livre, mas como também são boas planadoras, chegam lá em baixo fazem claque no chão, ficam por ali a disfarçar e logo que podem voltam a subir. Bom, nem todas, porque algumas já levam uma boa esfrega de vassoura. Estou como aquele Anónimo, eu não tenho nada contra a natureza, mas também não quero que ela tenha nada contra mim, fique lá onde está que nós já tomamos conta disto.

Chi que mau estou a ser! Isto é tudo a brincar não levem a sério, mas ainda assim se descobrirem algum forma radical, digam. (

Anónimo disse...

eu ouvi dizer que as osgas não têm veneno o que elas têm é cobro e que se entrar em contato com as extremidades do corpo essa parte tem de ser amputada.Por isso é que eu odeio as osgas.

Anónimo disse...

boa noite. Continuo sem saber como as afastar...obvio q n as vamos matar mas a fobia nao se controla e é uma pena q certas pessoas n entendam...moro na cidade, no 6a e ultimo andar d um predio e em dois dias tive a visita d dois animais desses, o unico animal que me mete nojo...tal como outras pessoas ja referiram, tenho sempre as janelas fechadas cm medo...s alguuem ja tiver informações novas...agradecia!mj

Anónimo disse...

A melhor e única solução é colocar redes mosquiteiras para evitar que as ditas cujas entrem em casa com as janelas abertas! Uma pressão de ar e boa pontaria também dá um pequeno contributo, quando a fartura é muita.